2020 é o ano das grandes mudanças em Hopi Hari?

 Quem acompanhou ontem em nosso instagram (@playnadiversao_), viu que fizemos nossa primeira visita ao País Mais Divertido do Mundo em 2020 para conferir tudo que está rolando atualmente por lá, além de acompanhar o último show da temporada do Hopi Verani que se encerra no próximo domingo, 15 de março.

 Aproveitamos, é claro, para conversar com o parque sobre uma série de assuntos que nos chamaram a atenção nesses últimos dias e colocaremos todas as informações que nos permitiram falar ao longo desta publicação. Sem dúvidas, o maior conteúdo que já produzimos sobre Hopi Hari. Antes de mais nada, é importante que você nos acompanhe em nossas redes sociais, já que é isso que nos permite criar conteúdos como esse (Facebook l YouTube l Instagram). Vamos lá?

Fim da parceria com a Warner

 Começamos nossa publicação pelo assunto mais polêmico dessas últimas semanas. Afinal, a Warner está mesmo saindo do País Mais Divertido do Mundo? A resposta é sim. Firmada em 2010, a parceria entre Hopi Hari e a produtora de filmes acabou e, aos poucos, já estamos vendo os primeiros sinais dessa saída em Infantasia e Aribabiba, duas áreas onde os personagens da empresa estadunidense estiveram presentes desde então.

 Além das promoções para esgotar todos os produtos oficiais dos personagens Warner que ainda restavam por lá, o parque também já está bem avançado no processo de retirada de todas as referências aos mesmos de suas atrações, pontos de alimentação e até mesmo, da sua icônica fonte de Infantasia.


















 O futuro das duas áreas já está sendo amplamente trabalhado pela equipe responsável e deve começar a ser posto em prática ainda no primeiro semestre desse ano, prosseguindo conforme as condições financeiras permitam, sem prazo estipulado. Dada a grandeza do projeto, a ideia é que as atrações reformuladas sejam entregues individualmente e não de uma vez (ou seja, a área toda), para que a operação do parque não fique comprometida durante essa fase e, também, para que a história de cada atrativo seja muito bem trabalhada antes e durante o relançamento de cada um deles.

 Sobre a nova temática que está sendo desenvolvida para as 2 áreas, nos foi garantido que toda a história original do parque será não somente preservada como sequenciada, sem simplesmente deletar os personagens que estiveram por lá por muitos anos. Estão se empenhando muito nesse processo criativo e toda a imaginação está sendo muito bem-vinda, sem impor limite algum neste primeiro momento. Depois, cada ideia/projeto de cada atração será analisadx pela área financeira para decidir se, de fato, faz parte da realidade de Hopi Hari ou não, dando tempo ao tempo para que cada projeto saia conforme planejado.

 BÔNUS: A primeira atração a ser relançada nessa etapa de reformulação será a já anunciada Virtual Montezum, um simulador da maior montanha-russa do país que está sendo desenvolvido pelo parque no Cinemotion, em Aribabiba. Vale dizer também que toda a tecnologia utilizada hoje na atração está sendo substituída por uma muito mais atual, com equipamentos importados que buscarão reproduzir todas as sensações reais da atração de forma 100% fiel. O esqueleto do espaço também está passando por mudanças. O lançamento da Virtual Montezum deve ocorrer entre abril e maio.

Ekatomb Anunnaki

 A nave suméria de Mistieri deve retornar ainda no primeiro semestre. A gôndola que recebe os visitantes foi levada para a área de manutenção, onde estão trabalhando diariamente para que esse retorno possa acontecer assim que possível. 

 Em paralelo, a parte temática do atrativo também está sendo estudada pela equipe de conteúdo de Hopi Hari para definir o que pode ser feito para entregar uma experiência bacana sem comprometer a saúde financeira do empreendimento. O edifício que já existe por ali permanecerá, no entanto, não só ele como toda a atração serão repaginados com o intuito de finalmente encaixá-lo na paleta de cores do restante da região. As mudanças devem ser vistas ainda no primeiro semestre, no entanto, não há uma data precisa para que o conjunto todo (atração + imersão) seja entregue.




La Tour Eiffel

 Nossa querida torre também não foi esquecida pelo País Mais Divertido do Mundo. A atração já tem estudo de custos para seu retorno muito bem definido, restando apenas analisar se o retorno do passeio é a decisão a se tomar. 

 Uma pesquisa com o público geral deve ser realizada em breve por uma empresa especialista parceira do parque para que se possa ter uma ideia do que as pessoas pensam sobre este retorno um tanto quanto polêmico. Com estes resultados prontos, os acionistas devem tomar uma decisão em relação a LTE levando em conta também o fato de que os custos envolvendo a reativação da mesma são bem mais baixos do que retirar a mesma dali, algo bastante relevante no futuro da torre. 

 Vale ressaltar que, independente do que seja decidido, só devemos ver isto em prática após a votação da nova RJ (já aprovada pelo TJ-SP) que continua sem data marcada para ocorrência da assembleia de credores.


Novos produtos da marca Hopi Hari, retorno das lojas e patrocínios

 O retorno dos produtos da marca Hopi Hari nunca foi tão forte como nestas últimas semanas. Camisetas, squeezes, copos, cordões, canetas, chaveiros, bonés, canecas, chinelos, mochilas... as hopi shopis nunca estiveram tão repletas como estão atualmente. 

 Além disso, tivemos o retorno das lojas na saída da Vurang e do Rio Bravo que, até pouco tempo, eram apenas para Hopi Plaka. Todas elas com muitos produtos oficiais e alguns genéricos, como é o caso das canecas de animais que hoje estão à venda na Wild West Shopi, na saída do Evolution.






























 Como se não bastasse, os patrocínios também estão voltando, aos poucos, a realidade do País Mais Divertido do Mundo. Entre os últimos acordos de parceria firmados, temos as empresas Ibis Budget e Adagio Aparthotel (ambas da rede Accor), Veiling Holambra, Floral Atlanta, além da continuação de outra relações já consagradas com a Sherwin-Williams, Jundiá e Minalba, por exemplo. 

 Ainda em conversas com a equipe de MKT/comunicação de Hopi Hari, nos disseram que outras empresas começaram a surgir com muito interesse em entrar para o time de patrocinadores do empreendimento que vem retomando, cada vez mais, sua credibilidade com o público. Algumas atrações que serão reformuladas em Aribabiba, por exemplo, já devem retornar em sua nova fase com o patrocínio destas marcas interessadas. Palpites?

Kaminda Boulevard 

 Um novo projeto deve ser colocado em prática em breve na rua principal de Kaminda Mundi, espaço que passará a se chamar Kaminda Boulevard. A ideia é que, após o fechamento das atrações, o público possa continuar por ali, seja aproveitando um happy hour com música ao vivo no Euro Restaurandi, seja usufruindo do Theatro di Kaminda que também está sendo pensado para integrar esse espaço que funcionará até mais tarde e contará com ingresso diferenciado, mais barato, para quem quiser ir ao parque apenas no período noturno e ter acesso ao Boulevard. Para aqueles portadores do ingresso comum do parque, o acesso será liberado.

 Toda a comunicação visual deste "novo" espaço já foi desenvolvida e deve ser colocada em prática em breve, junto as novidades que teremos por ali na parte da noite, quando as atrações se fecham. Fique ligado para não perder nadinha!


Eventos

 Os grandes eventos de sucesso de Hopi Hari continuam com força total em 2020. A ideia é que shows aconteçam principalmente em baixas temporadas, como neste início de ano com o Hopi Verani, para que o parque mantenha sua arrecadação próxima dos níveis conquistados em épocas de Hora do Horror e Hopi Night, os queridinhos do público visitante.

 Aproveitando a deixa, o Hopi Night: Atlântida se inicia na próxima semana, em 19 de março, e deve surpreender o público novamente, depois do sucesso e a saudade que foram deixados por Alunagem em 2019. O palco, em novo formato e já com montagem bastante avançada, deve contar com algumas surpresas que surpreenderão os visitantes, principalmente se tratando de figurinos impressionantes. Teremos a divulgação de mais um teaser sobre o evento nos próximos dias e, na véspera, em 18 de março, um trailer oficial será postado nas redes sociais do parque. 







 Já se tratando de Hora do Horror, que se inicia em 07 de agosto e segue até 02 de novembro, tanto o tema quanto o nome da edição de 2020 já foram devidamente definidos e serão anunciados no final do Hopi Night, no início de junho, como aconteceu no ano passado com Apocalipse. O que esperar da temporada mais aguardada por todos nós?

 Em 2020, Hopi Hari ainda ganha mais um evento para seu calendário, o Hopi Arraiá, que promete comidinhas típicas, quadrilha, personagens caracterizados e muito mais durante as 3 semanas de duração no mês de junho.

 Passando para a parte dos eventos pontuais, além da sequência do bem-sucedido Hopi Pride, com duas edições neste ano, teremos também uma segunda edição do Rock'n Hari, evento que deve alcançar novos patamares em 2020 com atrações de peso do gênero musical que chamarão muita atenção em 01 de agosto. O lineup, inclusive, já foi 100% fechado, o que nos deixa ainda mais ansiosos para descobrir tudinho...

 Promoções

 As promoções promovidas nas últimas semanas, como foi o caso da Quinta Maluka e da Sextou, já são consideradas sucesso total. Juntas, elas estão sendo as principais responsáveis por trazer um público relevante para os dias de semana da baixa temporada de Hopi Hari

 Outra grande responsável por este último fim de semana de grande público foi a promoção do Dia Internacional da Mulher, onde mulheres entraram de graça nos dias 05 e 06 de março e, nos dias 07 e 08, pagaram o valor da meia entrada. Com isso, na sexta-feira (06), o parque recebeu incríveis 11 mil visitantes que contribuem muito com a receita obtida com gastos dentro do parque.

Recuperação Judicial

 Como dissemos mais acima, a nova RJ do País Mais Divertido do Mundo, que inclui o BNDES, já foi aprovada no TJ-SP e agora aguarda nova assembleia de credores para que possa ser votada e, se tudo der certo, aprovada para que seja colocada em prática a partir de então. O parque estudou muito bem cada ponto descrito na RJ e pretende seguir a risca na medida do possível.

 Antes da chegada de uma nova atração mecânica de fato, devemos ver um foco muito grande por parte do HH em atualizar o que já existe por lá. As equipes responsáveis estão numa busca assídua por tecnologias mais sofisticadas (realidade virtual e realidade aumentada, por exemplo) para aprimorar a experiência que os visitantes têm hoje em suas atrações. Novamente, qualquer novidade maior só deve ser vista após aprovação da recuperação judicial.

 BÔNUS: Questionamos, por fim, sobre a situação do Tokaia (ex-Hula Hupi) e ele segue descartado dos planos do empreendimento e só não foi retirado ainda de Aribabiba pois está incluso na RJ e, portanto, não pode ser mexido no momento. Existe a possibilidade dos novos projetos temáticos da capital de Hopi Hari serem planejados para esconderem o espaço até que o mesmo seja substituído por outra coisa. Será?

Postar um comentário

0 Comentários